DC Brasil ODATA

Data Center no Brasil ou no exterior: como escolher a melhor opção para o seu negócio

Leitura de 6 minutos
03/05/22

Nos últimos anos, os Data Centers remotos têm se consolidado como estruturas fundamentais para o crescimento das empresas, já que permitem o acesso a informações e sistemas em diferentes locais. No entanto, muitos gestores ainda se sentem inseguros ao decidir entre a contratação de serviços de Data Center no Brasil ou no exterior.

Essa é uma dúvida muito comum porque, durante um bom tempo, perdurou a crença de que a qualidade oferecida por empresas norte-americanas, canadenses ou europeias era superior à entrega dos fornecedores locais.

Contudo, com o rápido amadurecimento da tecnologia em todo o mundo, assim como com o aumento da relevância do Brasil e demais países latino-americanos na economia global, optar por provedores nacionais tem se tornado cada vez mais natural.

Em especial no setor de Data Centers, a contratação de um provedor local traz inúmeras vantagens: desde custos reduzidos até a performance aprimorada. Quer saber mais? Acompanhe a seguir:

O papel dos Data Centers nos negócios

De modo geral, Data Centers são instalações de computação nas quais servidores e demais equipamentos de rede são alocados. Ao serem interconectados pela internet, são encarregados de coletar, armazenar, processar e distribuir grandes quantidades de dados.

Além disso, também são responsáveis pelo backup e recuperação de dados, bem como pela conectividade da rede corporativa. Assim, hospedam sites e diversas outras aplicações para a realização de ações fundamentais para as empresas, como o gerenciamento de e-mails e serviços de mensagens instantâneas.

Entre outros exemplos, os Data Centers suportam o armazenamento em nuvem e as transações de comércio eletrônico. Até mesmo as comunidades de games online necessitam de Data Centers para gerenciar suas atividades online.

Receba conteúdos relevantes sobre Data Center, Modernização de Infraestruturas de TI e tendências tecnológicas da ODATA

Por que as empresas terceirizam seus Data Centers

Como vimos, os Data Centers conectam redes de comunicação para que os usuários finais possam acessar informações e sistemas remotamente. Tal entrega demanda um grande número de servidores e outros equipamentos relacionados, que são reunidos em cluster em uma sala dedicada – ou mesmo em um complexo inteiro.

Desse modo, manter uma estrutura de Data Center ‘em casa’ – modelo conhecido por tradicional ou on-premise – pode ser bastante dispendiosa. Isso porque a estrutura depende de equipamentos de ponta e de uma conexão de internet de ótima qualidade para assegurar a performance digital da organização, além de uma equipe de profissionais especializados, o que, muitas vezes, onera a folha de pagamento.

Por motivos como esses, a terceirização de Data Centers para modelos de operação mais modernos, como o Colocation e a Cloud Computing, tem se destacado como uma premissa para a evolução digital de empresas em todo o mundo.

Como exemplo, um estudo divulgado pela consultoria Markets & Markets estima que o mercado de migração de dados se expandirá a uma taxa de crescimento anual composta (CAGR) de 17,5% até o final de 2022. A pesquisa apurou que o aumento do volume de dados de negócios, a evolução do cenário regulatório e a necessidade de manter os dados legados serão os principais impulsionadores desse avanço.


LEIA TAMBÉM: Migração de Data Center: desafios e lições aprendidas na crise


Data Center no Brasil ou no exterior? 4 motivos para escolher um provedor local

Ter um Data Center é, sem dúvida, um ponto-chave na estratégia de evolução digital. E se a migração de centros de dados para estruturas mantidas por provedores especializados é um movimento ascendente, uma dúvida que ainda acomete muitos gestores de tecnologia é a opção entre um Data Center no Brasil ou no exterior.

Para ajudá-lo a tomar uma decisão fundamentada, elencamos abaixo as principais vantagens da contratação de um provedor instalado no Brasil:

  1. Redução de custos: não há dúvida de que um dos pontos mais interessantes de se contratar um provedor local é a otimização do orçamento de TI. Isso porque o outsourcing local oferece:
    • eliminação de custos relevantes em hardware e com a manutenção das instalações
    • migração de CapEx para OpEx, já que a alocação dos equipamentos em um Data Center terceirizado é contratada como serviço;
    • isenção de IOF, pagamento em moeda local e independência da variação cambial;
  2. Superanção de desafios operacionais: ao mesmo tempo em que a contratação de um provedor de Data Center local proporciona maior agilidade à operação, uma das principais vantagens é a performance aprimorada, por conta da latência reduzida. Isso porque, por estar mais próximo das instalações da empresa cliente, a conexão de internet tem uma entrega mais rápida e estável;
  3. Velocidade do tempo de resposta: considerando-se a continuidade do negócio, o provedor de Data Center deve garantir que a empresa continuará funcionando caso ocorra algum problema. Por isso, a informação alojada em um centro de dados externo deve estar disponível 24 horas por dia, 7 dias por semana, 365 dias por ano. Nesse cenário, o fornecedor local consegue assegurar uma resposta mais ágil às necessidades do cliente, especialmente em situações de crise, nas quais seja necessário colocar em prática a recuperação de desastres;
  4. Especialização profissional: gerenciar um Data Center exige o trabalho de profissionais especializados. Nesse sentido, a contratação de um provedor local oferece maior a eficiência à folha de pagamento do cliente, já que os melhores provedores locais, como a ODATA, mantém pessoal qualificado em todos os seus edifícios.

LEIA MAIS: Redução de custos de TI: melhores estratégias para a otimização do orçamento


ODATA: entenda porque é a melhor opção entre os provedores de Data Center locais

Seguindo o crescimento CAGR estimado em 7,6% no mercado latinoamericano entre 2021 e 2026, pela consultoria Research And Markets, os Data Centers ODATA aceleram sua expansão. Isso comprova a perspectiva de que, na escolha entre um Data Center no Brasil ou no exterior, os provedores locais realmente se destacam como a melhor opção

Com foco no atendimento por meio de uma rede unificada, a ODATA oferece instalações e serviços de classe mundial para suportar necessidades de missão crítica. A proposta da empresa, inclusive, é de que este padrão se mantenha em todos os seus negócios na América Latina.

Em seus Data Centers, a ODATA oferece toda a infraestrutura necessária para abrigar servidores que processam informações com distribuição global. Para isso, se concentra no fornecimento de espaços físicos adequados para o armazenamento de grandes volumes de dados.

Vale ressaltar que todos os Data Centers da ODATA são neutros em conectividade (carrier neutral). Isso significa que a empresa não se prende a um único provedor de internet, situação que oferece ao cliente total liberdade de escolha sobre a operadora que melhor se adapta ao seu modelo de negócio.

A localização estratégica escolhida para a construção de cada um dos seus edifícios na América Latina faz com que os Data Centers ODATA mantenham uma alta disponibilidade de fibra e redes.

Com isso, a ODATA se fortalece como um dos maiores players de Data Center da América Latina, oferecendo energia, espaço, conectividade e segurança para seus clientes avançarem em seus desafios de digitalização.


Precisa de ajuda para escolher a melhor alternativa para o moving de Data Center no Brasil ou no exterior? Agende um horário para visitar as instalações da ODATA e tome uma decisão fundamentada.

agende um tour ODATA

E-BOOKS exclusivos

para você conhecer mais sobre o mundo do Colocation

Melhore os índices de sustentabilidade da sua empresa

Fazer o download

Entenda os fundamentos básicos para escolher um modelo de data center

Fazer o download

Assine nossa newsletter

A ODATA utiliza cookies para melhorar sua experiência, de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com essas condições.