ODATA-Colocation-Cloud

Colocation para otimização de custos da nuvem: vantagem competitiva

Leitura de 6 minutos
18/08/22

Um comportamento bastante comum de quando as empresas começam a provisionar suas cargas de trabalho para movê-las para a nuvem é priorizar fatores como agilidade, garantia operacional e alinhamento do foco estratégico, em detrimento dos futuros gastos. Ou ter a simples ideia de que migrar para a cloud reduziria automaticamente a necessidade de gastos de capital e de novos investimentos na infraestrutura.

De fato, o moving para a nuvem oferece inúmeros benefícios – em especial, a disponibilização da infraestrutura e dos serviços corporativos para todos, onde quer que estejam. Contudo, é essencial que tanto clientes quanto os provedores de serviços de cloud encontrem melhores formas de equilibrar seus orçamentos.

E é justamente nesse ponto onde o Colocation se destaca como uma solução eficaz para a otimização de custos da nuvem. Essa atividade deve ser incluída no rol das melhores práticas dedicadas a ajudar no gerenciamento de seus recursos com eficiência, equilibrando gastos e aprimorando o desempenho.

Quer saber mais sobre essa metodologia e entender como colocá-la em prática? Leia a seguir:

O que é otimização de custos da nuvem?

A otimização de custos da nuvem – ou cloud cost management and optimization (CCMO), do termo original, em Inglês – é a prática que se dedica a encontrar melhores maneiras de executar aplicações no ambiente de cloud, com o menor custo possível. E utilizando serviços entregues por provedores de nuvem da maneira mais econômica possível.

Na pratica, lidar com o uso desnecessário da cloud e com os gastos inesperados deve ser a primeira etapa do gerenciamento da nuvem. E, para isso, as ferramentas de gerenciamento e otimização de custos estão à disposição para salvar o dia.

Esse tipo de otimização pode variar do simples gerenciamento de negócios a áreas científicas e de engenharia complexas, como pesquisa operacional, ciência de decisão e análise, modelagem e previsão.

Para quem serve a otimização de custos da nuvem?

Toda organização precisa minimizar a sobrecarga, seja dos custos de seus bens, da operação em si ou dos serviços que produz. Por isso, a prática de otimização de custos da nuvem é adequada a todos os agentes envolvidos em seu ecossistema – desde os provedores de serviços de cloud aos clientes, usuários de seus serviços.

Como exemplo, pense em um Data Center que esteja compartilhando infraestrutura de comunicação, como linhas alugadas, roteadores, switches, balanceadores de carga e firewalls com outras aplicações. E que, por fim, essa infraestrutura compartilhada seja dimensionada para lidar com o tráfego mais pesado, com algum limite de largura de banda disponível e latência limitada pelo serviço.

Nesse caso, os sistemas de armazenamento e backup, energia, refrigeração e espaço físico para toda a TI seriam planejados para o crescimento futuro de usuários e cargas de trabalho. Então, a simples mudança para a nuvem, sem planejamento a médio e longo prazos, sairia mais caro do que o necessário.

É nesse ponto onde os benefícios da otimização de custos da nuvem ficam claros, porque minimizar a sobrecarga é um processo de negócios fundamental.

Assim, uma empresa que está começando pode, sem dúvida, projetar sistemas melhores na nuvem com o modelo de custo de pagamento conforme o uso em mente. Mas mudanças em seu cenário, entropia e falta de consciência de gastos certamente criarão oportunidades para otimizar suas despesas.


LEIA MAIS: Redução de custos de TI: melhores estratégias para a otimização do orçamento


Por que fazer?

A forma como sua empresa se conecta ao seu provedor de nuvem pode ter um grande impacto nos custos relacionados a dados. Então, como saber se a sua solução de nuvem atual é financeiramente a melhor escolha para as necessidades de crescimento e manutenção da organização?

A otimização de custos de nuvem pode ser realizada por meio de várias medidas diferentes, cada uma abordando um padrão de uso não ideal, ou explorando recursos de economia do serviço de nuvem utilizado. Desse modo, entre todas as atividades possíveis, é preciso identificar quais são relevantes e aplicáveis ​​à sua situação específica e ao seu modelo de uso do serviço.

Outro aspecto importante a ser considerado é o esforço envolvido em implementá-las. Alguns são bastante simples de aplicar e devem ser considerados obrigatórios. Outros exigem mais esforço – e aqui, é importante pesar cuidadosamente as economias estimadas em relação ao custo de implementá-los. Outros, ainda, envolvem mudanças fundamentais em como suas aplicações são projetadas ou operadas.

E claro, o aumento do risco associado à mudança também precisa ser ponderado.

Por outro lado, sem fazer a gestão efetiva de custos dos serviços em nuvem, muitos percebem que conseguiram o oposto e que sua conta de TI aumentou. Para pouca surpresa, diversas pesquisas recentes identificaram o gerenciamento de custos da nuvem como uma das principais prioridades, em resposta a esses custos crescentes.

Você ainda pode usar ferramentas de otimização de custos de nuvem não apenas para acompanhar seus gastos, mas para otimizar recursos por meio de agendamento ou identificação de desperdício, melhorando a aderência e a previsão do orçamento.

Contudo, para obter esses benefícios, primeiro terá que selecionar um conjunto diversificado de provedores que variam de acordo com tamanho, funcionalidade, geografia, foco no mercado vertical e tipo de oferta.

Por fim, os líderes de tecnologia devem usar este relatório para entender o valor que podem esperar de um provedor nuvem, selecionando seus parceiros com base no tamanho e na funcionalidade.


LEIA TAMBÉM: Data Center no Brasil ou no exterior: como escolher a melhor opção para o seu negócio


Estratégias de otimização de custos da nuvem

Em resumo, existem diversas maneiras de se realizar a gestão e a otimização de custos da nuvem, mas algumas estratégias mais abrangentes podem ajudá-lo a desenvolver um plano efetivo. Essas estratégias devem ser consideradas continuamente, para que se alcancem resultados máximos e sustentáveis.

Abaixo, listamos algumas das principais recomendações:

O que fazer

  • Design nativo da nuvem
  • Refinamento operacional
  • Reservas de capacidade
  • Descontos por volume
  • Constituição de arquitetura híbrida, negociando o melhor de cada modelo

Como fazer

  • Gerencie, organize, comunique e eduque seu time
  • Planeje e prepare-se para acompanhar os gastos por centro de custo
  • Revise faturamento e preços
  • Fique atento às necessidades de software e de automação

LEIA MAIS: Como o Colocation ajuda a reduzir custos e a aumentar a disponibilidade de TI


O Colocation pode tornar a conexão na nuvem mais eficiente

Arquiteturas puras podem até funcionar para algumas empresas durante certo tempo. No entanto, com o avanço do 5G e das tecnologias digitais, a adoção de diferentes modelos de hospedagem de dados, compondo uma arquitetura híbrida, tem se mostrado a tendência mais efetiva.

Isso porque abordagens de infraestrutura de TI, como o Colocation e as soluções de nuvem, não são incompatíveis, mas complementares.

Modelos de nuvem híbrida associados ao Colocation, assim como a soluções multinuvem, podem fornecer tanto às empresas quanto aos próprios provedores de cloud os melhores recursos de cada plataforma, quando implementados em um ambiente de Data Center robusto, com conexões dedicadas.

Com isso, os serviços de Colocation podem oferecer suporte a uma série de economias de gastos que se estendem a quase todos os departamentos de negócios.

Na prática, tanto o salto inicial para a nuvem ou a hospedagem de uma imensa quantidade de dados exigem estratégias efetivas de custo-benefício. E a redução de custos geralmente começa com a TI.

Por isso, ao aproveitar as novas tecnologias e melhores práticas para gerenciá-las, os CIOs ficam mais preparados para tornar seus orçamentos cada vez mais equilibrados.

Quer saber mais sobre como o Colocation contribui para a otimização de custos da nuvem?

E-BOOKS exclusivos

para você conhecer mais sobre o mundo do Colocation

Melhore os índices de sustentabilidade da sua empresa

Fazer o download

Entenda os fundamentos básicos para escolher um modelo de data center

Fazer o download

Assine nossa newsletter

A ODATA utiliza cookies para melhorar sua experiência, de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com essas condições.