Projeto de novo Data Center ODATA no México

México: novo Data Center beneficiará expansão de empresas brasileiras

Leitura de 4 min
13/11/20

As previsões de investimentos em TI para os próximos anos continuam a apresentar números cada vez mais positivos. E, nessa passada, o setor de Data Centers comprova as estimativas de evolução: gastos com modernização de infraestruturas de dados prometem crescer 6% em 2021, de acordo com o Gartner.

Entre outros aspectos, essa movimentação é o que tem acelerado a expansão internacional da ODATA – agora, com um novo Data Center no México.

Mas por que essa notícia seria relevante para empresas em operação no mercado brasileiro?

Em especial, porque poderão contar com os benefícios de rotas internacionais diretas, com alta disponibilidade e baixa latência, do Brasil para uma localidade estratégica na América do Norte.

Quer saber mais? Siga conosco nesse artigo.

ODATA construirá o maior Data Center do México

Seja pela aceleração da busca por serviços de cloud, ou pela crescente tendência de edge computing (a computação de borda, que prega o processamento de dados mais próximo do uso), fato é que o o setor de Data Centers tem observado grandes demandas para escala e modernização de estruturas tradicionais.

E, com isso, provedores especializados em colocation têm se destacado por oferecer uma composição de serviços que favorecem à rápida virtualização, tais como espaço, energia e ar condicionado para abrigar servidores.

Assim, para apoiar a expansão de seus clientes em rotas internacionais diretas, a ODATA deu início à construção de mais um Data Center na América Latina – dessa vez em Querétaro, no México, um importante pólo industrial e tecnológico do país.

Com um terreno de 52.350 m² e área construída de 30.400 m², o novo DC QR01 será o maior centro de processamento de dados do país, com capacidade de carga de 32MV e estimativa inicial de 4000 racks.



Destaque no México: ampla oferta de backbones de fibra ótica

A chegada da ODATA ao México se dá, prioritariamente, para atender aos clientes ‘hyperscalers’ Isso porque tais operações demandam uma arquitetura flexível e capaz de ser escalonada, para atender às suas curvas de crescimento.

Em especial, a cidade de Querétaro foi selecionada não apenas por estar situada em uma região menos sísmica. Mas, principalmente, pela proximidade com importantes centros econômicos.

Além disso, destaca-se pelo amplo entroncamento de backbones de fibra ótica disponíveis na região, essenciais para esse perfil de organização.

Como segundo maior mercado de TI na América Latina, acreditamos fortemente em nosso potencial de desenvolvimento no México”, afirmou

Ricardo Alário 


Time especializado e experiente no território do México

Por meio de uma única plataforma, os clientes da ODATA poderão contar com as vantagens de rotas internacionais diretas, com alta disponibilidade e baixa latência, do Brasil para uma localidade estratégica na América do Norte.

Para suportar a abrangência global e manter a proposta de valor em toda a região, a companhia se apoia na parceria com a CyrusOne, um dos maiores players de Data Centers do mundo, e em um time local altamente qualificado.

Newsletter sobre Data center, Infraestruturas de TI e tendências tecnológicas da ODATA

Nesse sentido, para apoiar o processo de implantação, a companhia já designou um country manager e um diretor de implantação para a operação do México, além de uma equipe com os melhores especialistas do segmento.

Cada país tem suas restrições e legislação próprias. Por isso, estudamos cada mercado para constituir equipes de ponta. Desse modo, nós nos tornamos uma empresa local e asseguramos a execução do projeto no prazo e com alto nível de entrega

Ricardo Alário
CEO da ODATA

Expansão acelerada em LatAm

Com esse novo empreendimento, a ODATA ‘marca mais um pin’ em seu plano de expansão na região, fortalecendo sua posição de vanguarda na América Latina. Além do México, um novo projeto no Chile já esta em andamento. Na Colômbia, já se posiciona como o principal player do mercado com o maior Data Center Carrier Neutral do país – o DC BG01.

Em paralelo, aqui no Brasil também vem consolidando suas operações a partir de quatro estruturas: em São Paulo – o DC SP01, DC SP02 e o DC SP03.

Amparado por um grande provedor de nuvem global, o novo Data Center QR01 está previsto para entrar em operação no início de 2022.


Quer saber mais sobre como a ODATA pode suportar a escalabilidade global do seu Data Center?

Fale com um especialista ODATA ODATA

E-BOOKS exclusivos

Para você conhecer mais sobre o mundo do Colocation

O guia definitivo para migrar seu Data Center

Fazer o download

Entenda os fundamentos básicos para escolher um modelo de data center

Fazer o download

Assine nossa newsletter

Copyright © 2020 ODATA - Todos os direitos reservados.