Infraestrutura de Data Center

Modernização da infraestrutura de Data Center é crucial para suportar aumento no tráfego de dados

Leitura de 6 minutos
19/05/22

Intermináveis têm sido as conversas sobre a crescente necessidade de modernização da infraestrutura de Data Center, para que o parque tecnológico seja capaz de suportar o crescimento dos negócios.

E as pautas incluem desde a expansão para a edge, à diversificação de modelos de alocação de servidores, como o Colocation, para a constituição de uma arquitetura híbrida, até a latente exigência por eficiência energética, priorizando-se a sustentabilidade aprimorada.

A verdade é que os Data Centers tradicionais lutam para acompanhar o mundo digital em rápida mudança.

Requisitos de negócios em constante evolução exigem transformações de TI imediatas: novas estruturas de aplicações devem ser adotadas, processos e padrões de TI devem ser atualizados. Novas tecnologias devem ser integradas, ao passo em que o time de TI precisa atualizar seu conjunto de habilidades para acompanhar essa passada.

Embora a infraestrutura de TI possa ser vista como intercambiável, os dados não o são. Portanto, precisam de cuidados especiais onde são mais vulneráveis – no ponto em que são armazenados. Isso torna o armazenamento uma função crucial do Data Center, especialmente quando se trata de atualização.

Nesse cenário, é imperativo que a infraestrutura de Data Center também seja modernizada. Quer saber o que a sua empresa precisa fazer para acompanhar esse movimento? Leia a seguir:

Desafios das infraestruturas de armazenamento tradicionais

A pandemia desencadeou uma mudança sísmica no que as empresas e seus usuários finais esperam dos Data Centers. Com a aceleraçação da evolução digital, a crescente utilização de aplicações e sistemas digitais e o aumento no tráfego de dados, os gestores de tecnologia têm poucas opções de escolha, a não ser adaptar suas infraestruturas tecnológicas para atender a essas novas demandas.

Como exemplo, de 2022 em diante, espera-se que mais serviços sejam utilizados e moldados por colaboradores, que cumprem suas jornadas em um modelo de trabalho híbrido e desejam conduzir as atividades nos próprios termos e prazos.

Tudo isso alimentará, ainda mais, o impulso de crescimento em soluções de automatização e de terceirização, especialmente nas estruturas de Data Center. Nesse cenário, o Gartner prevê que até 2025, 60% das organizações usarão ferramentas de automação de infraestrutura.

Por esse motivo, empresas que ainda mantém uma arquitetura de Data Center no modelo tradicional, ou que o priorizam em detrimento de opções mais modernas como o Colocation e a nuvem, enfrentam desafios importantes como:

  • Complexidade no gerenciamento da infraestrutura de armazenamento em silos
  • Problemas de compatibilidade entre diferentes hardwares
  • Dificuldade em garantir a continuidade operacional
  • Atritos na concessão de acesso rápido aos dados
Receba conteúdos relevantes sobre Data Center, Modernização de Infraestruturas de TI e tendências tecnológicas da ODATA

Especialização é fundamental para a modernização da infraestrutura de Data Center

De acordo com um estudo divulgado pela IDC em 2021, a quantidade de dados criados, capturados, copiados e consumidos em todo o mundo aumentará mais de 152% nos próximos dois anos. Isso significa que a criação e a replicação de dados crescerão mais rapidamente do que a capacidade de armazenamento instalada.

Por esse motivo, à medida que o setor de TI avança, a modernização da infraestrutura de Data Center é incontestável. E para que o processo transcorra convenientemente, a contratação de parceiros especializados, como a ODATA, é fundamental, por serem capazes de assegurar que os arquivos, sistemas e dados serão armazenados, processados e compartilhados adequadamente.

No cenário tecnológico atual, aplicações de alto desempenho, em especial os sistemas de missão crítica, exigem uma infraestrutura de armazenamento altamente ágil e flexível para suportar seus requisitos em evolução. Assim, é essencial que o Data Center seja flexível e escalável, capaz de atendendo ao crescimento no tráfego de dados, e segura, para protegê-los e garantir operações contínuas.

Inclusive, essa tendência foi apurada em uma pesquisa global da Lenovo, que estudou a evolução da função do CIO. O relatório indica que os provedores de tecnologia passaram desempenham uma função inestimável no sucesso de suas empresas.

O estudo afirma que os gestores de tecnologia contarão com seus fornecedores para ajudá-los a resolver uma infinidade de problemas nos próximos cinco anos, incluindo aumento na agilidade organizacional (60%), segurança dos sistemas e operações de suas empresas (52%), simplificação da configuração, implantação e manutenção de tecnologia (50%) e para otimização de custos (43%).

Oito em cada dez CIOs concordam que seus provedores de tecnologia são “tão eficazmente integrados que aumentam sua produtividade geral.

Lenovo Tech Today

LEIA TAMBÉM: Caso de Sucesso: em tempo recorde, ODATA migra e implanta Data Center da SOAP em Colocation


Arquitetura híbrida é tendência para modernização da infraestrutura de Data Center

Assim, as empresas migrarão estrategicamente suas cargas de trabalho, à medida que priorizarem a modernização de sua infraestrutura de Data Center. No entanto, conforme avançarem em suas jornadas híbridas, o foco estará em determinar quais cargas de trabalho vão para onde.

No início de suas jornadas de digitalização, as organizações geralmente migravam workloads simples para a nuvem e mantinham aplicações e sistemas críticos em casa, Agora, a maior parte dos gestores de tecnologia já se sente mais segura com a alocação de cargas de trabalho mais complexas e de missão crítica em estruturas remotas.

Desse modo, nos próximos meses, será necessário fazer um inventário de seus ambientes de TI para selecionar quais cargas de trabalho e aplicações são mais adequados para ambientes externos, como o Colocation e a nuvem, e quais devem permanecer no local.


LEIA MAIS: Colocation ou Multicloud? O futuro do seu Data Center é híbrido


Conclusão

Em um primeiro momento, a modernização da infraestrutura de Data Center pode parecer assustadora, mas não precisa ser. Como em qualquer processo de mudança, o medo e a incerteza são esperados.

Quase todos os projetos de atualização de estruturas de armazenamento envolvem migração de sistemas e dados. E isso inclui, muitas vezes, ter que lidar com o tempo de inatividade durante a mudança, com a atualização da rede e com a integração das aplicações para, em seguida, resolver a incompatibilidade entre os dispositivos de diferentes fornecedores.

É comum encontrar migrações de dados dolorosas, envolvendo procedimentos complexos e trabalhosos, ter que trabalhar fora do expediente para executar a migração, risco de perda de dados e incerteza do resultado. E, se houver alguma perda ou interrupção durante o processo, isso aumentará ainda mais os problemas de continuidade de negócios.

Contudo, como vimos, a contratação de um provedor especializado é um dos fatores cruciais para garantir o sucesso do empreendimento. Quando uma iniciativa de modernização é planejada com antecedência e executada com a ajuda de especialistas e de ferramentas adequadas, os resultados são recompensadores.

Quer saber mais sobre os benefícios da modernização da infraestrutura de Data Center?

Fale com um especialista ODATA ODATA

LEIA TAMBÉM:

E-BOOKS exclusivos

para você conhecer mais sobre o mundo do Colocation

Melhore os índices de sustentabilidade da sua empresa

Fazer o download

Entenda os fundamentos básicos para escolher um modelo de data center

Fazer o download

Assine nossa newsletter

A ODATA utiliza cookies para melhorar sua experiência, de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com essas condições.