Como ter certeza de que meu Data Center atende às novas necessidades de negócio?

Leitura de 9 minutos
04/12/18

Não há mais dúvidas de que o aumento exponencial do volume dos dados gerados pelas inovações tecnológicas amplia as necessidades de conexão e disponibilidade dos Data Centers.

Ao mesmo tempo, traz as discussões sobre segurança e sustentabilidade à pauta principal. 

Interrupções forçam autoridades e empresas à ação.

Grandes interrupções de TI estão ocorrendo com crescente regularidade, muitas com graves consequências. Executivos, autoridades do setor e os governos estão respondendo com mais regras, solicitando mais transparência e uma abordagem mais formal da resiliência holística de ponta a ponta.

Neste cenário, entre as principais tendências para as quais os executivos de Infraestrutura e Operações (I&O) devem se preparar em 2020, a preocupação com a gestão e a segurança da infraestrutura de dados chama a atenção.

Quarta Revolução Industrial, Cidades Inteligentes, Sociedade 5.0. O que, afinal, é preciso para que uma empresa sobreviva neste cenário?

Como ter certeza de que meu Data Center realmente atenderá às novas necessidades do negócio?

Leia o artigo e entenda.

Avanços tecnológicos e os desafios de sustentabilidade

Desde 1971, os principais líderes empresariais, governamentais e da sociedade civil se reúnem para debater questões sócio-políticas, econômicas e ambientais.

E, entre os temas do Fórum Econômico Mundial 2020, realizado em Davos, na Suíça, os impactos e oportunidades derivados da Quarta Revolução Industrial ganharam destaque.

E se o uso consciente dos recursos naturais para suportar as inovações tecnológicas atraiu os holofotes do palco mundial, por aqui a preocupação com o alto consumo também não é novidade.

Em 2018, o Idec (Instituto Brasileiro de Defesa do Consumidor) divulgou uma pesquisa que apontou o fornecimento de energia elétrica como um problema comum em todo o País.

O estudo se baseia em análises nacionais e regionais realizadas entre 2011 e 2017, considerando os índices DEC (Duração Equivalente de Interrupção por Unidade Consumidora) e FEC (Frequência Equivalente de Interrupção por Unidade Consumidora). O nível satisfatório de qualidade em 2017, foi de apenas 52,97%.

Ebook guia definitivo para migrar sua infraestrutura de TI para um Data Center moderno, flexível e escalável

Como assegurar o atendimento do Data Center às demandas da Quarta Revolução Industrial?

Além dos desafios ambientais, a sustentabilidade financeira da organização é um importante vetor de crescimento na nova economia. E ela também resvala nos gastos com a manutenção do parque tecnológico.

O Data Center pode ser um grande consumidor de recursos, principalmente se ainda estiver configurado sob o padrão in-house. Caso queira saber mais detalhes, falamos mais sobre esse problema neste artigo.

Em termos práticos, o que é preciso fazer para garantir que seu Data Center realmente atenderá às novas necessidades de negócio, impostas pelas tecnologias insurgentes da Quarta Revolução Industrial?

Flexibilidade, disponibilidade, ultra conectividade e alta capacidade de processamento e armazenamento se destacam entre os fatores essenciais para que um Data Center seja capaz de suportar o altíssimo volume de dados trafegados em situações de mobilidade, trabalho remoto, cidades inteligentes, entre outros.

Saiba mais sobre os principais requisitos que determinam a excelência de um Data Center:

Infraestrutura de dados distribuída

Entre as 10 principais tendências que impactarão as áreas de Infraestrutura e Operações em 2020, o Gartner destacou a evolução do mindset de Data Center para uma infraestrutura de dados distribuída:

Até 2022, 60% das infraestruturas corporativas de TI passarão a adotar o o modelo de Centros de Dados, em substituição aos Data Centers tradicionais.

Os analistas do Gartner consideram vital planejar desde já a forma como o crescimento dos dados será gerenciada, já que tecnologias como Inteligência Artificial e Aprendizado de Máquina (Machine Learning) serão cada vez mais utilizadas como diferenciais competitivos.

O documento ainda menciona que o ímpeto de “manter em casa” determinadas cargas de trabalho, por motivos de desempenho ou de conformidade, é até compreensível. No entanto, reforça que estamos nos encaminhando rapidamente para cenários nos quais essas mesmas cargas de trabalho são executadas em locais diversos, dificultando a proteção dos dados.

Nesse sentido, o Colocation, combinado à uma arquitetura de nuvem híbrida, se apresenta como solução interessante para viabilizar a evolução do Data Center do modelo tradicional para uma infraestrutura de dados distribuída. 

“Os efeitos em cascata da movimentação de dados, combinados ao crescimento da datasfera, afetarão fortemente os profissionais de Infraestrutura & Operações se não estiverem se preparando agora”, afirmou o diretor sênior de pesquisa do Gartner, Ross Winser.

Segurança

Se os dados são o novo petróleo, atenção redobrada quanto à segurança do local onde eles estão armazenados é fundamental. O acesso precisa ser controlado rigorosamente e a entrada só deve ser permitida para pessoas previamente autorizadas. 

Além disso, diversos pontos de checagem dentro da estrutura do prédio também são importantes, para formar uma espécie de funil de acesso aos diversos ambientes do Data Center. No ambiente dos servidores, por exemplo, a entrada deve ser limitada a um número mínimo de pessoas.

Ainda em relação à segurança, existem sistemas de prevenção e combate à incêndios específicos para o ambiente do data center.

Tão importante é o combate à um incêndio é a detecção. Para a detecção de incêndio ou incidente, Data Centers especializados e preocupados com este potencial risco, investem em sistemas e sensores que conseguem detectar qualquer variação mesmo antes de uma chama ou foco de fogo.

Cumprimento às regulamentações

A proteção dos dados é outro dos fatores-chave para assegurar que seu Data Center atenderá às novas necessidades de negócio.

Além de atributos que seguem padrões internacionais de segurança física, o cumprimento às novas regulamentações, como a Lei Geral de Proteção de Dados, assegurarão que tanto os proprietários quanto os operadores dos Data Centers trabalhem para que toda a operação esteja em conformidade.

Certificações

Outra maneira de garantir que o seu Data Center acompanhará a evolução digital da companhia é a conquista e manutenção das principais certificações de padrão internacional. Elas são sinônimo de qualidade. E devido às elevadas exigências do processo, poucos provedores de serviços de Data Centers colocation reúnem as mais avançadas. 

LEIA MAIS: quais certificações um Data Center deve ter e por quê?

Eficiência energética

Você sabia que um m2 de Data Center pode consumir de 10 a 30 vezes mais eletricidade do que uma área de escritório? E sem energia elétrica a infraestrutura de dados não roda.

Um Data Center eficiente deve dispor de alimentação redundante e linhas de alta tensão robustas. E, se mesmo assim a energia for interrompida, nobreaks e geradores movidos à diesel deverão garantir energia ininterrupta e independente da rede elétrica. 

Todas as instalações devem ser gerenciadas por sistemas integrados, contando com diversas camadas de automação para obter extrema eficiência na operação e no consumo de energia. 

Conectividade

Um Data Center robusto, bem desenhado e operado sob as melhores práticas demanda conectividade de altíssimo desempenho e latência minimizada.

Uma rede robusta e redundante, opções de diferentes operadoras, estruturas dedicadas, rapidez na ativação são pontos a serem verificados para confirmar que o Data Center dispõe da capacidade, escalabilidade e qualidade para que seus servidores se comuniquem ininterruptamente.

No modelo de Colocation a rede é dimensionada para alta performance, assegurando o tráfego dos dados com mais velocidade e total segurança. Além disso, é um carrier neutral de operadora, o que significa que a infraestrutura está interconectada com diversas operadoras de telecomunicação e provedores. Portanto, em uma necessidade de mudança, a operação é facilitada.

A utilização das SDNs (Redes Definidas por Software) na América Latina é outro fator que simplifica e otimiza a forma de gerenciamento de qualquer rede de comunicação, sem ser afetada por distâncias.

Refrigeração

A refrigeração eficiente é um dos atributos mais desafiadores para oferecer eficiência energética e baixo PUE (Power Usage Effectiveness).

Os servidores geram calor – a temperatura nesses ambientes pode ultrapassar 50ºC. O aquecimento excessivo pode gerar danos graves aos equipamentos ou até ocasionar incêndios. 

Equipamentos potentes de ar condicionado precisam manter a temperatura constante e sem interrupções. A distribuição do ar frio é planejada e controlada por equipamentos ultra modernos.

Construção

Os requisitos de um Data Center eficiente e seguro são bastante específicos. Portanto, a própria construção física do local é um ponto de atenção. Assim, deve levar em consideração aspectos como:

  • Distância dos centros urbanos – que impactam no fornecimento de energia – mas com fácil acesso;
  • Condições climáticas, que precisam ser estáveis. Quanto mais chuva na região, por exemplo, maiores os riscos para a disponibilidade dos serviços.
  • Arredores; posto de gasolina, heliporto, delegacia, empresa química próximos ao DC são considerados potenciais riscos.
  • Vagas de estacionamento dentro do Data Center: pode parecer estranho mas, em uma urgência de acesso, faz toda a diferença.
  • Salas e posições de trabalho: itens que complementam e podem auxiliar a sua empresa na operação ou mesmo durante uma contingência;
  • Estoque e área de testes: Importante ter uma área, mesmo que temporária, para armazenar seus equipamentos durante uma implementação ou mesmo na guarda local. Área de testes (ou staging room) é válida para se evitar qualquer impacto na área de produção.

Além dos espaços corporativos, como escritórios, salas de reunião, espaços de contingência, armazenamento e recepção, um Data Center deve ser composto por espaços que comportam ações diversas, como Entrance Room (ER), Main Distribution Area (MDA), Horizontal Distribution Area (HDA), Zone Distribution Area (ZDA) e Equipment Distribution Area (EDA)

Existem padrões internacionais da Associação das Indústrias de Telecomunicações, estabelecidos na norma ANSI/TIA 942, que atestam os requisitos de infraestrutura do Data Center. Por meio dela são avaliados a redundância, telecomunicação, arquitetura e estrutura, elétrica e mecânica do local.

Tudo isso, considerando que o projeto deve ser escalável e estar preparado para crescer junto com sua empresa.

Além da infraestrutura, como serviços de Data Center podem ajudar?

Um Data Center Colocation, por exemplo, é administrado por uma equipe própria de engenheiros e técnicos, especializados e certificados e atua com abordagem proativa. Com isso, garante eficiência e rapidez na instalação e manutenção dos ambientes.

O time de suporte fica disponível 24 x 7 x 365 dias. O fornecedor de Colocation também deve dispor de contratos de manutenção com os seus principais fabricantes, o que aumenta a rede de atuação. 

Seu time tem acesso ao portal do cliente, sistemas ITSM (Sistema para Gestão de TI) e BMS (Building Management System), que estão disponíveis para a operação do Data Center.

Assim, é possível ter controle da eficiência energética, incidentes, mudanças, SLA (Service Level Agreement) e visualização térmica e de fluxo.

Seu Data Center pronto para o futuro

Gostou das nossas dicas para assegurar o atendimento do seu Data Center às demandas da Quarta Revolução Industrial?

O Data Center Colocation pode ser o “empurrão” que faltava para sua empresa seguir na direção de projetos com uso intensivo de tecnologias da nova geração, tais como IoT (Internet da Coisas) e Inteligência Artificial.

A preocupação com questões de escala em infraestrutura, agilidade e flexibilidade não farão mais parte da rotina na sua empresa.

Quer ajuda para estruturar seu Data Center? Fale com um especialista ODATA. 

E-BOOKS exclusivos

para você conhecer mais sobre o mundo do Colocation

Melhore os índices de sustentabilidade da sua empresa

Fazer o download

Entenda os fundamentos básicos para escolher um modelo de data center

Fazer o download

Assine nossa newsletter

A ODATA utiliza cookies para melhorar sua experiência, de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com essas condições.